A culpa é de quem?

Quando você idealiza alguma coisa – e sai em busca de algo que pode acrescentar na sua vida, muitas situações podem ocorrer.

Frustração, decepção, desânimo, persistência, esperança e por aí vai.

Mas quem costuma idealizar algo espera em alguém ou aguarda paciente que aquilo aconteça…

Imagens: Internet

Mas você há de concordar comigo, quando idealizamos algo que dependerá de outra pessoa, a frustração, a decepção e o desânimo são certos, já reparou? Agora o que depende – ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE – de você tem outro desfecho. Pense bem. Não há o que discutir.

Eu, Viviane Cariolano, e você – querido (a) leitor (a) , somos românticos de mais por idealizarmos algo que dependerá de outra pessoa ? Somos românticos ou ingênuos? Estava pensando nisso e parei para refletir. Um beijo, vou nessa!