A palavra tem poder, cuidado com o que você fala!!

Sim gente, é sério, existem palavras capazes de trazer maldição, reforçar o infortúnio, evocar o azar e chancelar a infelicidade; assim como existem outras com a luminosa propriedade de abençoar. Saber separar e usar umas e outras é o início da sabedoria. Achou interessante? 
Proferir uma palavra repetidas vezes 
é criar para si mesmo um casulo dentro do qual se pode 
EVOLUIR ou APODRECER
O ambiente em que vivemos – especialmente nossa casa – absorve, armazena e reverbera as palavras de nossos hábitos mentais.  Segue abaixo as principais palavras que se deve evitar a todo custo, principalmente dentro de casa:
surprise
1- ‘Desgraça!’ > Condensa escuridão, quebranto e ausência do Divino.

2- ‘Merda!’ > Chama a podridão, a sujidade e adversidades.

3- ‘Filho da puta!’ > Evoca ódios e desavenças familiares.

4- ‘Maldito!’ > Lança pragas e corporifica maldições.

5- ‘Burro/Idiota!’ > Devem ser evitadas principalmente com crianças e filhos.

6- ‘Miserável!’ > Desenha a falta, indigência, pobreza e penúria.

7- ‘Danado’> Em sua base significa condenado, sofredor e perambulante, maldito, malévolo, mau, ruim. chamar alguém de “danado” é amaldiçoar a pessoa, por que danado significa “condenado ao inferno”.

POR ISSO SOU CONTRA FALAR PALAVRÃO COM RAIVA, NÃO DIGO!!!!
ODEIO QUEM ME OFENDE COM PALAVRÃO, SE PUDESSE QUEBRARIA A CARA DA PESSOA!!!
“Sejamos senhores de nossa língua para não sermos escravos de nossas palavras”