Hoje ofendemos até quando somos educados!

As redes sociais viraram um palco onde as pessoas destilam ódio e violência gratuita. A troco de quê? Por qual motivo? Eu realmente gostaria de saber. E quando não tenho empatia a algo e discordo, nem me desgasto, passo adiante.

Sigo meu caminho!!!

A EDUCAÇÃO FERE, OFENDE!

Ter uma opinião formada é crucial, evita que você se indisponha com o que lê, com  o que ouve e muitas vezes até se “assusta” por aí. Já não se basta mais “aceitar” as diferenças, você precisa ir além e respeitar um pensamento que é diferente do seu e que sequer tu tenhas conhecimento. 

Recentemente uma pessoa esculachou meu chefe – via Twitter- discordando de sua linha editorial e me citou ao seu comentário. Atenciosa que sou resolvi dar um print antes que pudesse me posicionar e mostrei ao meu chefe a fim de que juntos pudéssemos chegar a um consenso e responder ao “malcriado”.  Fiquei estarrecida, a pessoa não só nos ofendeu usando palavras de baixo calão como foi completamente indelicado e deselegante. Eras-te. Entenda abaixo o ocorrido: 

 

Que estúpido, não me contive e o mandei às favas. ME POUPE, o meu sangue que não é de “barata” ferveu. E vale ressaltar o que meu chefe discorreu quando soube do ocorrido:

“Acho que irritou a forma como o respondi. Ele queria me ferir e eu o respondi com educação. Isso mexeu com ele. Ficou irritado. Ser educado nas respostas, às vezes, é a melhor forma de irritar e ferir inimigos gratuitos”. 

Um dia serei branda desta maneira, terei docilidade, mas por enquanto minha válvula de escape é o botão do BLOCK

P.S.: Achei que realmente meu chefe foi educado e agiu de forma gentil. Não curti a grosseria do cidadão.

Bonne fin de semaine <3

Vivi Cariolano

 

 

Com as palavras-chave